quarta-feira, 26 de maio de 2010

OURIÇO









Barulho! Noite escura! O que será? Lá vou eu olhar...dando “de cara” com uma bola cheia de pontas, no local onde coloco alimento aos passarinhos.Para identificar melhor fui chegando cada vez mais perto. Estranho, a bola começou aumentar rapidamente o tamanho e se mexeu. Apesar de pouca luz, dava perfeitamente para ver que era algo vivo, calmo e meigo assim como feio por ser espinhento. Encurtando minha história: era um Ouriço. É claro, quem identificou foi o Selvino. Aos poucos o bichinho voltou a forma normal e ainda esperou ser fotografado. Desse dia em diante, ele volta todas as noites.Falo com ele para ver se consigo domesticá-lo. Após isso, corri para a pesquisa, querendo saber o que comem....quais são seu hábitos...enfim,queria saber tudo sobre esse novo visitante.
Os ouriços são mamíferos pertencentes à família Erinaceidae.
Possuem o dorso coberto por espinhos curtos e lisos, e as partes inferiores por pelos.
Há no mundo 16 espécies de ouriços divididas em cinco gêneros.Possuem hábitos noturnos e alimentam-se de insetos, moluscos e vegetais. Eles tem entre 20 a 25 cm em adulto e vive em média entre 4 a 6 anos, podendo nos casos mais raros chegar aos 10 anos. Após o nascimento deve-se esperar seis a sete semanas para levar para casa. O Ouriço demora cerca de 2 semanas a adaptar-se à nova casa. Os animais mais velhos adaptam-se bem a novos donos desde que tenham sido bem tratados. Por volta dos 10 meses, os ouriços tornam-se adultos, pesando em média meio quilo.
Os seus predadores principais são as corujas e os furões. Possui mimetismo e quando ameaçado ou atacado enrola-se formando uma bola, ficando apenas a pequena face descoberta de espinhos,desanimando assim os inimigos predadores.
São animais importantes no controle de pragas tendo em vista que são capazes de comer insetos e outros pequenos animais correspondentes ,em quantidade, ao seu peso.
Uma diferença importante entre o ouriço e o porco espinho é que os espinhos do ouriço, ao contrário dos do porco-espinho, não se soltam naturalmente, nem são venenosos. Começou a ser criado em cativeiro por volta de 1980 no Reino Unido. O Ouriço Pigmeu Africano, Atelerix algirus, é a espécie mais comum em cativeiro. Os criados em cativeiro mantém ainda muito do seu comportamento selvagem por isso devem ser comprados em casas de confiança para que seja possível estabelecer com eles uma relação próxima. Os ouriços capturados são ilegais.
Antes de levar um ouriço para casa é importante ter uma gaiola, que não tenha grades em baixo, ou uma alta caixa plástica transparente . É importante que tenha um esconderijo, roda de exercício, outros brinquedos e recipiente para comida e água. A gaiola deve ser espaçosa. As medidas mínimas são: 60 cm de comprimento, 20 de largura e 30 de altura. Em cativeiro a alimentação deve ser rica em proteína e pobre em gordura. A comida light de gato, fruta fresca, vegetais, carne cozida e insetos
Estes animais gostam de ambientes mornos, entre os 20 e os 26 ºC. Abaixo dos 15 ºC, os ouriços hibernam, sendo que este hábito está também ligado à falta de alimento. Contudo, para os Ouriços Pigmeus Africanos, este comportamento pode ser letal, morrendo geralmente 72 horas após ter entrado em hibernação devido à falta de comida ou hipotermia. São animais solitários, territoriais e noturnos. Passam a maior parte do dia dormindo, mas se forem incentivados podem alterar os seus hábitos, mantendo sessões regulares de brincadeira durante o dia. Gostam de ter uma gaiola só para eles ou partilhá-la com um ouriço do sexo oposto. Não toleram, contudo, a companhia de ouriços do mesmo sexo.
Classificação Científica:
Reino.........................Animalia
Filo............................Chordata
Classe........................Mammalia
Superordem................Laurasiatheria
Ordem........................Erinaceiomorpha
Família........................Erinaceidae
(G.Fischer – 1814)

Um comentário:

  1. estava procurando por ouriços e cheguei aqui. obrigado pelos texto!

    ResponderExcluir